by Max Barry

Latest Forum Topics

Advertisement

Novo Brasil RMB

WA Delegate (non-executive): The Empire of Repes (elected )

Founder: The Technocracy of Imperio de Jandira

Last WA Update:

World Factbook Entry

Região Novo Brasil


Que todo mundo seja bem-vindo à região Novo Brasil! Fundada por jogadores para jogadores na data de 14/01/2018!

Nossa região é focada num RP geopolítico de grande porte, portanto, mostre seus dotes diplomáticos e mostre que é capaz de gerir uma nação!

Links Úteis: Índice – Regras Regionais | Factbook do Mapa Regional | LinkFacebook | LinkWhatsApp (ON) | LinkWhatsApp (OFF) | LinkDiscord | LinkMapa Regional


► INFORMAÇÕES DO RP

Ano atual do RP: 2022



  1. 16

    Atlas - O Mundo no Século XXI - Conheça os países da região

    FactbookInternational by Magna atlantica . 705 reads.

  2. 12

    Guia para desenvolvimento de bons roleplays na região

    MetaGameplay by Imperio de Jandira . 487 reads.

  3. 25

    Lista de Códigos do NS

    MetaReference by Lysandus . 887 reads.

Embassies: Portugal, Right to Life, Gypsy Lands, The Embassy, Union Mundial, Argentina, Imperium of the Wolf, Bus Stop, The Illuminati, United States of America, Oceania, Jamaica, Authoritarianism Is Cool Kind Of, Indonesia, India, Hollow Point, and 135 others.International Debating Area, Mongolia, New Mexico, Maryland, Kentucky, Australia, The Bar on the corner of every region, Senegal, Reality, Barbaria, Union of Socialist Powers, Singapore, Kylden, The Glorious Nations of Iwaku, The Nation of Nations and Friends, ITALIA, Hetalia, Slavija, Poland, Regionless, Avadam Inn, Organization of United Sovereign States, Agora, 0000, Turkic Union, Ozymandium, Greater Dienstad, Arconian Empire, Angola, Star Frontiers, The NewsStand, Nintendo, Federation of Planets Headquarters, CISB, Yarnia, Tsumonrin, The Peaceful Coffee Shop In Chicago, Solid Kingdom, Eientei Gensokyo, New World Union, Cyberius Confederation, The Dank Meme Alliance, Free Market Federation, The Council of The Multiverse, Great Britain and Northern Ireland, Parkland, Okanagan, Knights of the Round Table, Two Letter, Ancient Lands, Republic of Russia, Sudan, Purgatory, The Gambia, Seattle, Future Earth, End 500, The Alterran Republic, The Junto Region, The Great Universe, Union Hispanica, Iveagh, Mitteleuropa, Lardyland, Elparia, Roman Empire, The Sands, The Milky Way Galaxy, Bellatoria, The Great Region, Union of Allied States, The United Empires of Carson, Gay Equality, The Insulam Confederacy, The Hodori Archipelago, Shrayan Bose, Scandinavia, Sacrum Romanum Imperium, Realm of Unrestricted Science, Emirates of Futurnia, Deutschland, Japan, Union of the Kind Ones, Cyland, The Dawn of Unity, The New Mappers Union, Anime and Memes Alliance, Cyterian Treaty Organisation, Rio de Janeiro, Non Aligned Movement, Latinoamerica Libre, Empire of Great Britain, Misanthropic Bloc, Chicken overlords, The Sea Of Love, Rhode Island, New Brunswick, Mississippi, Gabon, Pacific Union, The Awakening, Rhea, World, Malawi, Vermont Republic, Australian Capital Territory, Sao Paulo, Cote dIvoire, Wyoming, Galapagos, Idiot Squad, Bloco Liberal, Philippines, Novus Lucidum, The Galactic Empire of Britain, NationStatesHolics Anonymous, Skyrim, Union of Nationalists, The Independent Newspaper, Monarchist and Democratic Alliance, The Moderate Alliance, United Imperial Union, Train Station, Long live the British Empire, Dream Land, Fredonia, The Interdimensional Community, Africa, United States of Femdom, Codex Ylvus, KoD lands, Union of Lardy Nations, China, Asia, and Great Aureania.

Tags: Large, Map, Multi-Species, Neutral, Offsite Chat, and Role Player.

Regional Power: High

Novo Brasil contains 61 nations, the 289th most in the world.

ActivityHistoryAdministration

Today's World Census Report

The Most Secular in Novo Brasil

World Census experts studied which citizens seemed least concerned about eternal damnation, spiritual awakeness, and chakra wellbeing in order to determine the most godforsaken nations.

As a region, Novo Brasil is ranked 1,604th in the world for Most Secular.

NationWA CategoryMotto
1.The Supranational Confederation of VelesteNew York Times Democracy“Kulturo kaj Kunlaboro fortigas nin!”
2.The Empire of RepesDemocratic Socialists“Omni save our people!”
3.The Technocracy of Imperio de JandiraDemocratic Socialists“The future is now!”
4.The Imperial Union of NoronhaNew York Times Democracy“Louvemos a Deus, pois Ele teve piedade de nós.”
5.The Queendom of BoldenburgNew York Times Democracy“Advance Boldenburg”
6.The Nation of Socialist Republic of RanslandCivil Rights Lovefest“I Enhed Fandt Vi Frihed”
7.The Republic of AbslandiaIron Fist Consumerists“Freedom through unity, unity through identity”
8.The Technocracy United Kingdom of GiraniaCivil Rights Lovefest“Unity for Freedom”
9.The Holy Blue Errepublika of AuskerriaAnarchy“Herria, Errepublika eta Bakea”
10.The Hivemind Commitment of AbominationIron Fist Consumerists“मृत देव. कोसळणारे विश्व. काही लोक एक देव असतील.”
1234. . .67»

Regional Happenings

More...

Novo Brasil Regional Message Board

George Farrington é reeleito pelo congresso

Em sessão solene, o congresso reelegeu o presidente com 72 votos e 3 abstensões, o mandato de sete anos terá início imediato e após a aclamação parlamentar, o presidente reeleito fez um discurso televisionado e transmitido em rede nacional por todos os canais televisivos, segue a íntegra:

    Senhores deputados,

    Neste momento oportuno de renovação de meu termo na presidência desta nação, gostaria de trazer a vosso entendimento uma análise clara e objetiva, da parte de meu governo, com relação ao cenário e desafios locais e internacionais.

    Primeiramente, vemos na Telefassa um cenário de instável e problemática crise moral e social, as sociedades lá existentes, antes consideradas pilares da civilidade e representantes do chamado estado da arte no que se referia a organização, aos fatores econômicos e às próprias sociedades locais em si, algo que devo salientar, nunca consideramos verídico, veem-se neste agora em um momento de completa fragilidade, as assim chamadas “democracias de primeiro mundo” sofrem os males oriundos de sua própria organização, lá brotam como ervas daninhas, movimentos e partidos a defender todo tipo de direito inexistente e meramente fictício, numa miríade de agremiações que, se ainda fossem passivas partícipes de uma sociedade, seriam menos danosas ao tecido social do que em sua atual forma e método de agir e tentar trazer ao centro dos debates públicos, suas próprias pautas e interesses.

    É dito e sabido por todos o carácter completamente internacionalista destas organizações, cujos braços nem mesmo tentam esconder as garras de tigre e de lobo que, em completa negação da humanidade, buscam subverter as nações ao seu modelo dito “universalista” e “democrático”.

    Em nosso país, no entanto, as sementes da negação felizmente não encontram solo fértil, mas como sementes, guardam em seu cerne os meios para subsistência até que forme-se ambiente adequado para a disseminação de suas ideias, esperando somente uma pequena rachadura, uma pequena falha em nossa coesão e harmonia social para que se instale como tumor que suga a força vital do corpo da nação.

    Urge-nos, portanto, tomarmos as medidas necessárias para o fortalecimento da coesão e da cooperação em nossa grei. Não podemos duvidar em momento tão importante de nossa história, de nossa posição como nação, este regime que se edificou pelo sacrifício de grandes homens do passado precisa, mais do que nunca, da reafirmação clara e firme de sua confiança em si mesmo, a reafirmação de nossa autoconfiança e de nossa realidade nacional deve, portanto, ser acompanhada de ímpeto e decisão.

    Pouco vale o pensamento sem ação, pouco vale a palavra sem ação, e sem ações as sociedades ficam entregues a inércia, ao relativismo e a indecisão, e destas nada de bom, de próspero e de grandioso pode ser construído, por isto é de nossa mais imediata prioridade impedir que estes sentimentos se instalem nesta república.

    Dadas as palavras, vamos diretamente as ações, apenas dez pontos que serão, por mais que iniciais, de suma importância:

    1. O governo federal irá, a partir desta data, impor a educação nacional padronizada, com uma base curricular que contará com uma formação moral, ética e lógica de acordo com as demandas da atualidade, objetivando a formação de mão de obra e quadros técnicos de alto padrão tanto intelectual como moral e ético.

    2. O sistema de trabalho de prisioneiros será estendido para mais delitos antes penalizados administrativamente, o que incluirá roubos, furtos e difamação de símbolos nacionais.

    3. Para que nos estabeleçamos como o epicentro global da indústria e da criação de conhecimento para as próximas eras, este governo irá, a partir deste momento, fornecer a nossos empreendedores, todo o apoio técnico, financeiro e regulatório necessário para que estas aspirações desenvolvam-se com êxito absoluto e incontestável, em todos os setores industriais, com foco nas indústrias de maior intensidade de conhecimento, caso dos setores de energias limpas, das biociências, da farmacologia de ponta, da aviação, das telecomunicações e da inteligência artificial, para citar alguns. O progresso da nação caminhará sempre ao lado do progresso da ciência e, sobretudo, da técnica. Entretanto, ressalto que meu governo demandará as devidas contrapartidas: não nos contentaremos em ter uma indústria competitiva mundialmente, mas sim, em ter um setor consolidado e hegemônico, tanto na qualidade da técnica, como na eficiência e produtividade.

    4. Os setores de mineração, petróleo, madeira e agricultura estão afiliados, a partir de hoje as respectivas tradings setoriais que realizarão a compra da produção e comercialização no mercado local e internacional.

    5. Será implantado em toda a nação, o sistema de serviço cidadão e crédito social, em parceria com o governo Abslandês, para promover a meritocracia em todos os meios públicos e privados, coibindo comportamentos nocivos a harmonia nacional, a coesão social e a cooperação entre classes, e promover comportamentos em linha com os princípios nacionais de unidade, colaboração, obediência, autoridade e responsabilidade.

    6. As companhias de mídia social Foicebook e Tigerwritter estarão doravante proibidas de funcionar em Great Avaron, é sabido deste governo que estas companhias não somente aceitam como colaboram com a imposição de valores antinacionais por meio de suas plataformas.

    7. Será submetida a consentimento desta casa a reforma do sistema de tributação federal, assim como a reforma da estrutura administrativa do Estado.

    8. A despeito do perigo que pode representar a entrada de estrangeiros, por apresentarem valores diferentes dos nossos, a imigração de cidadãos de outros países deve ser incentivada, desde que estejam dispostos a desenvolver nossa economia com seu trabalho e contribuir para a melhoria de nosso país como nação.

    9. A distribuição e importação de material hibridizante seguirá banida, e sua utilização será enquadrada em ofensa criminal contra a civilidade, punida conforme o código penal, e sua distribuição será considerada atividade de guerra químico-biológica contra o estado, e portanto, enquadrada na legislação antiterrorismo. Este país não vai entregar-se a bestialidade disfarçada de progresso e nem a negação da humanidade travestida de evolução.

    10. Visando reduzir a situação de subutilização da mão de obra, especialmente entre alguns grupos étnicos e regiões do país, o governo promoverá em parceria com empresas privadas, um conjunto de projetos de infraestrutura em áreas tradicionalmente pouco desenvolvidas, para promover a geração de empregos na região, assim como promoverá microcrédito para pequenas empresas locais.

    Assim sendo, senhores, faço saberem as minhas aspirações para este termo que inicia-se na presente data. Desejo neste dia, dentro de sete anos, apresentá-los um país mais forte, mais confiante e mais seguro de si e de sua aspiração hegemônica, no caminho virtuoso a ascender rumo a seu devido lugar como tomador de decisões e defensor de valores cujos resultados transcendam a própria natureza da nação e do governo.

    Novamente, seguirei exercendo minhas atividades com máximo esmero e dedicação, e convoco todos os grão-avaros, sem exceção, a seguir, resolutos e confiantes neste caminho para a salvação da nação e a construção de nossa terra prometida.

OFF: começando de novo, a última postagem de Libria foi no foyollavírus, então estou recomeçando a nação, mesmas coisas de antes, lançando um case de polêmica para integrar o país no RP regional.

#QuestPelaFé

Religiosos de cultos estrangeiros perdem recurso e agora recorrem ao Grande Sindério

LIVRYA-YAFO, Libria Confederacy - O Rosh Senhadrin é o último recurso para que librios convertidos para outras religiões evitem as punições pela violação da Halacá, isto é a jurisprudência civil-religiosa dos julgamentos de todas as regras da Tenachá. A polêmica veio se alastrando à décadas quando o movimento chamado Brit HaBirionim (Aliança dos Fortes), formada por librios hassídicos, isto é, piedosos, sustentou a tese de que a tolerância com as crenças estrangeiras em Libria devia se limitar aos nascidos em famílias que seguem outros cultos e aos estrangeiros, mas que librios nascidos na tradição libria deveriam guardar a tradição religiosa e suas conversões eram ilegais. Liderados por Mannaesh Kustza, líder da Associação Panterista de Libria, uma grande coalizão de convertidos em religiões estrangeiras agora tem todas as suas fichas, e vidas, apostadas no recurso que ocorrerá no Grande Sinédrio.

"É a última opção para nós que somos cidadãos, ordeiros e urbanos. Cremos que o único modo de garantir nossa sobrevivência e liberdade religiosa é esta. Ateus librianos se solidarizam conosco e tem aproveitado para divulgar nossa causa para além de Libria, para que o nosso governo seja constrangido à causa humanitária de nossos direitos. Queremos apenas o direito de expressar a crença que já está em nosso coração, nós não escolhemos o que cremos, fomos persuadidos pelas nossas experiências espirituais à mudar de fé, se o Estado Libraiano reconhece quem renúncia sua fé, porque não reconhecer quem igualmente tem fé, mas de modo diverso?", explicou Mannaesh Kustza, que espera que a Liga das Nações pressione seus juízes.

Caso falhem em seu recurso a conversão será banida em Libria e os convertidos serão presos. Muito provavelmente devem ficar presos até que renunciem a sua nova fé, declarem serem ateus ou estarão na prática em prisão perpétua. Não seria a primeira vez que a conversão religiosa foi combatida por librianos, mas é a primeira que vez o tema retorna à pauta do Judiciário da Critarquia libriana, uma nação governa por juízes e leis religiosas.

LYVRIA-YAFO é uma cidade conhecida pelos diversos nomes dados por colonizadores em várias traduções como Port Libria, Porto Libria, Puerto Libre... Como uma cidade portuária movimentada e rica, exceto que parada na década de 70, ela é reflexo do próprio país, um estado fechado como poucos no mundo, mas foi capital de uma próspera colônia, que passou de mão e mão no decorrer da história, sem alívio para o povo libriano. Mesmo sem sofrer muitos conflitos nos últimos 100 anos, os librianos foram disputados como anexos estratégicos de impérios e potências de passagem, várias vezes ocupadas em pacificações forçadas na escusa de protetorado, pois jamais lhe faltava guerras civis, insurreições e conflitos. A despeito da má-fama e de muitos preconceitos os librianos são o que dizem ser, um povo pacífico, mas seu apego à paz não é sinônimo de uma convivência e tolerância com o que é diferente, pelo contrário, a solução libriana para lidar com diferenças é a segregação voluntária tribal, criar facções é a forma educada de evitar lutas. Esta antiga sabedoria libriana sobra, desde sua independência, também para seus estrangeiros e não-religiosos, o comércio e algumas áreas comuns das cidades é o único lugar onde convivem tranquilamente, fora do trabalho, dos negócios, cada qual para seu cada qual tem sido a regra de convivência neste estranho país, curiosamente hospitaleiro com o estrangeiro, e desconfiado do vizinho.
Pano de fundo da sociedade libriana
Existem ainda algumas teocracias no mundo, mas não são muitas na categoria libriana, até porquê o librianismo é uma religião cheia de particularidades, de um povo cheio de peculiaridades. Os librios não eram um povo unido. Libria era formada por uma confederação tribal em conflito por toda história escrita, e isto por muitos milênios, e antes da escrita libria se desenvolver a tradição oral preservava este retalho de lutas entre irmãos. Eles adoravam o mesmo Deus, seguiam a mesma religião, mas as facções e tribos se misturavam num conflito caótico em duas dimensões que não respeitavam qualquer regra para ser facilmente compreendida. Os cismas religiosos romperam as tribos nos meios, facilmente podia-se dizer que havia 4 facções para cada tribo, e as facções tribais que supostamente comungavam da mesma doutrina não se relacionavam bem a contraparte nas outras 11 tribos. Este ambiente caótico colocou as potências estrangeiras que chegavam ao "corredor do mundo" quase sempre na situação de preferir a força do que a diplomacia. Libria se assenta entre três massas continentais e por milênios o trânsito das nações na região dependia de passar pelo pequeno cosmo caótico da região. Naturalmente Libria tornou-se um checkpoint histórico para qualquer império que se expandia por Desheret, e foi assim, em conflito que librianos se tornam librianos. Quando finalmente independentes, os librianos agora tinham um grande desafio, fazer aquilo que nunca fizeram antes, tornar a concha de retalhos que era a sua nação costuradas numa só identidade nacional. A identidade nacional era forte, mas os librianos sempre consideraram isto de importância secundária diante das diferenças dos cosmos políticos, sociais e religiosos de seu país, era as minúcias em macroscópicos que fazia da sociedade libriana insolúvel. A forma de conciliar foi ajustar todos estes diversos grupos num sistema religioso critárquico, onde cada grupo tivesse seus juízes, peritos nas suas escolas religiosas, julgando os seus, e ajustando a criação de um Grande Sinédrio, onde peritos em todos costumes pudessem discutir regras gerais e julgar os conflitos menores entre grupos por elas. Assim, Libria se tornou um dos únicos exemplos de Estado de Juízes, uma critarquia, mas não qualquer tipo de juiz, apenas religiosos.

O lado brilhante da sociedade libriana.
Uma vez que se afasta de sua visão própria de mundo, de um viés cultural, etnocêntrico, a cultura libriana ganha novos contornos. Como, por exemplo, perceber que a religiosidade extrema é voluntária, e a própria religião tolera ateísmos e fés concorrentes naquela sociedade teocrática, sem qualquer pressão ou punição social. A cultura libria não é palatável para pessoas sensíveis dos grandes centros globais, entretanto, os librios vivem sem conflitos sociais, sem grande desigualdade entre si, e com padrões acima dos aceitáveis em quesitos como educação, saúde e criminalidade. Sim, libria é país ultraconservador para os valores da sociedade moderna em Tellus, reacionário se estivesse em qualquer lugar, mas é um país sem violência. A religião libriana abraça a vida com todas as forças. O principal valor de toda a sociedade e intransponível. Nenhum crime, por mais grave que seja, pode ser punido contra a vida, isto de um lado limita o direito das mulheres ao aborto, mas por outro cria um sistema até mesmo que envergonha sociedades mais civilizadas na crença da reabilitação social. Librios valorizam a vida. Apesar de todos os defeitos da velha sociedade libriana, pessoas com deficiências físicas e portadoras de doenças congênitas são totalmente inclusas na sociedade libriana, não existe estigma social por aparências, ninguém julgado pela cor da pele, cor do cabelo ou formas étnicas. Librianos sinceramente se ocupam da vida. Blindado contra o capitalismo global, feudalismo e mesmo socialismo, a cultura libriana resiste de sua forma peculiar, exigindo do olhar estrangeiro uma dose de alteridade.

#CerimôniaDePosse

Dragomir assume a Presidência da Confederação de Znatsnaz

FOURTLET, Znatsnaz - Dragomir recebeu oficialmente a nomeação do Rei Gionata em Fourtlet no Palácio de Verão com a presença de várias autoridades diplomáticas no evento, ao lado de Jean-Egbert Lumière, novo Ministro das Relações Exteriores do governo, e vários empresários do Cantão de Infourlet ele recebeu a faixa de Harverus Spettro, que estava acompanhado de Jerommé Hangnoff. Spettro estava feliz, após uma grande campanha de bastidores, tudo indica que Spettro deverá encabeçar a lista de indicados para a vaga de Mikayah Andreyezi, que está próximo da aposentadoria, como novo ministro da principal corte do país. Após a cerimônia que contou com a Guarda de Honra formada por membros da Flor Vermelha, Dragomir almoçou com o Rei, embaixadores e convidou Antón Blassblauer, Antonio De Vacci e Yillirian Yrianu para sentarem com eles. Logo ao termino do almoço, Dragomir realizou uma carreata em carro aberto, encontrando-se com outros parlamentares e dignitários estrangeiros nas ruas velhas da cidade, num palco de frente a Gran Marina de Fourtlet. Ali fogos de artifício explodiram ao fim da tarde e houve um jantar especial com vários políticos, comerciantes, industrialistas e representantes de delegações estrangeiras. O evento contou com salvas de tiros disparadas pelos canhões restaurados apenas para o evento dos supersubmarinos da classe Leviatan, que também foram plataformas de fogos de artifícios. As festas duraram por toda a noite, havendo festival de música e dança lutin - minoria térnia de língua lysia - e com comidas típicas nas ruas. Houve alguns protestos pacíficos contra Dragomir, mas não houve nenhum conflito registrado.

Avui
Diari digital

Deuteronomi fica!

Em uma reviravolta impressionante, o primeiro-ministro Francesc Deuteronomi conseguiu a aprovação da Adunada para um novo gabinete.
Após um discurso eloquente transmitido em rede nacional de rádio e televisão, Deuteronomi conseguiu convencer boa parte da população e a maioria dos membros da Adunada da necessidade de governos mais longos. O placar foi de 210 votos a favor, quinze contra e 75 abstenções.

O primeiro-ministro acompanhou a votação do lugar que lhe é reservado na Adunada e tomando anotações. Também Sua Majestade el-Rei Dom Domènec esteve presente à sessão e tomou assento no trono do Parlamento, que se situa atrás da mesa diretora.

Após o término da votação, Deuteronomi subiu a tribuna e discursou por vinte minutos. Agradeceu que a Adunada tenha tomado “uma decisão sábia”, evitando “a desagregação pela simples fome do poder”. Comprometeu-se ainda a continuar “governando como vinha fazendo, tendo as diretrizes democráticas e o bem-estar geral da nação como norte”.

    Дневник Алденграда
    Најстарији, најутицајнији, најчитанији
    Diário de Aldengrado
    O mais velho, o mais influente, o mais lido

URGENTE: Número de assinaturas de tribunos aumenta e a Comissão Geral abre consulta para a deposição de Teresa Técj
Procedimento é aplicado para ser respondido pelos senhores tribunos em todo o país em caráter obrigatório.

ALDENGRADO - A Primeira-Presidente da Alissonovia, Teresa Técj (LS) está sendo acusada de forma oficial pelos tribunos do Poder Popular de "Incompetência Administrativa". O texto da acusação, exposto pelos relatores Konrad Yutenov e Ivanka Pitav, respectivamente tribunos das comunas de Aldengrado (Capital Nacional) e Médor (Berobinci), é este:

      "A senhora Teresa Técj, PRIMEIRA-PRESIDENTE DA ALISSONÓVIA, além de mergulhar o país em conflito armado com Estados estrangeiros e com grande consideração por parte do povo e Império alissense, é conhecida por sua má-gestão no atual cargo, confiado por NÓS a POPULAÇÃO, para governar o Império em nome de Sua Majestade Imperial. Tendo usurpado esse direito e usado para seus fins políticos e pessoais, é notório que seu nome esteja nos anais da memória como parte da corrupção generalizada que se encontra o país.

      Teresa Técj, em nenhum momento, buscou cooperar com os estados na reestruturação do país após os conflitos em que inúmeros alissenses tombaram em combate. Teresa Técj deixou com que parte do país seja destruído pelos conflitos e pela desigualdade social, que aumentou (segundo índices oficiais do próprio governo).

      Teresa Técj ainda, deixou de atender exigências do Poder Popular, que procurou dialogar com o Governo Federal a fim de que consiga melhorias para suas populações. O Governo Federal acabou por ignorar ou prometer cumprir em determinado tempo e não cumpriu. As exigências não eram consideradas "emergenciais", porém ainda sim, o não cumprimento delas acaba por demonstrar a lealdade do Conselho Federal de Estado ao povo e Império alissense.

      Assim, NÓS, OS TRIBUNOS DOS POVOS DA ALISSONÓVIA, no uso de nossas atribuições conferidos pela Constituição e leis complementares, tornamos a público a Consulta Pública para DEPOSIÇÃO da PRIMEIRA-PRESIDENTE acusando-a de INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA, nos termos apresentados pela Lei Complementar nº 17/1987.

      Seja Omni conhecedor de nossas intenções e nos julgue perante Seu entendimento."

Se sua acusação for aceita por maioria dos tribunos, Teresa Técj é destituída do cargo de Primeira-Presidente, sem qualquer indício criminal. Porém é importante ressaltar que a Primeira-Presidente é ré durante o processo que investiga se o Governo Federal desviou verbas durante a guerra e também durante construções públicas.

Além desse processo, que foi anunciado publicamente pela Corte Nacional, a população não foi atendida nas reivindicações de ajuda financeira pelo governo, principalmente à famílias de militares mortos na guerra e feridos em combate. A resposta dada pelo governo em ajudar foi anunciada. "O Governo Federal se compromete às famílias afetadas pelos conflitos". Porém nenhuma ação por parte do gabinete de Teresa Técj foi feita. Para especialistas financeiros, o governo não possui dinheiro.

Além dessa manobra, o governo quis trocar responsabilidades por maior autonomia dos estados. A responsabilidade de trocar impostos foi mal recebida aos presidentes dos estados e ao público em geral, e por isso, foi rechaçada na consulta pública para alterar a Lei Complementar sobre os estados.

Se não ter maioria de 2/3 dos votos, Teresa Técj permanece no cargo.

Participe como um tribuno! Exerça cidadania e decida o futuro alissense!

VOTE: https://forms.gle/6fwLHBdxRyskNsgL6

Grã-Sufete Yonatan Yocav recebe dignatários estrangeiros no Grande Sinédrio

LIVRYA-YAFO, Libria Confederacy - O Grande Sinédrio hoje atendeu dignatários de Kingdom of Irhk que solicitou oitiva como amicus curiae para requerer prazo para apresentar uma moção propositiva alternativa, respeitando a organização soberana e constitucional libriana, de modo a solucionar a demanda judicial que pode acabar com a legalidade de conversões religiosas no país. Librianos e irkhianos tem uma longa história de amizade regional e de respeito mútuo em suas grandes diferenças. O pedido não é inédito, mas é raro, o Reino Absoluto foi essencial em harmonizar as relações de Libria com o Império Korajita, atualmente República Unida de Koraja. Na reconstrução do Bete-Hamiqdah, o templo mais sagrado do librianismo, os librianos homenagearam aos irkhianos que são referenciados no painel artístico Le'Shalom, feito em ouro, onde se vê homens de turbantes entre librianos e giranianos, por terem intermediado na independência do país com a transição pacífica junto a Girania. Entretanto, o adiamento obtido pelos irkhianos não foi bem recebido pelo movimento Brit HaBirionim, que acusou os irhkianos de se prestarem à agir como testa de ferro da intervenção estrangeira em assuntos internos, Mannaesh Kustza deu entrevistas à radios e televisões alegando que interesses imperialistas se aliaram aos criminosos de colarinho branco para novamente adiar o julgamento.

OOC: Greetings, do not forget to take part in our What the mood says poll!

A Jornada

Recorde de temperatura em Thvrhn

THVRHN – A onde de calor sobre Anglannd já dura uma semana, resultado de uma massa de ar quente atuante sobre a parte sul do país, num fenômeno que levou a temperatura máxima bater a marca dos 37,5 C às 14:22 (horário local).

A última vez que a temperatura bateu uma marca tão alta foi no passado, alcançando 36,2 C, a maior máxima registrada desde que as medições começaram a ser feitas no país. A cidade com um pouco mais de vinte e cinco mil habitantes (onde se concentra metade da população) e que não costuma sofrer de dias tão quentes cancelou as aulas para todas as categorias durante essa semana, limitou a jornada de trabalhos extenuantes, estabelecendo uma pequena férias para que as crianças possam vivenciar a cidade durante esses dias.

Pessoas ocupam as ruas

As ruas quase que vazias de Thvrhn hoje acordaram com pessoas se acomodando em diversos pontos da cidade, consumindo sorvetes e afins.

Crianças correndo pela rua atrás de carros de sorvetes, tão populares nessa época de ano. Médicos avisam, entretanto, que se deve tomar cuidado, evitando atividades que necessitam de muito esforço físico, a desidratação e a exposição ao sol depois das dez horas da manhã.

15 idosos morreram nesse verão

15 idosos morreram nesse verão de Anglannd por causas associadas ao calor, a preocupação deve ser redobrada para essa faixa da população, recomenda-se repouso, hidratação constante, consumo de comidas leves e frias.

O Departamento de Saúde de Anglannd disse que está abrindo alas médicas gratuitas para a população idosa, com cobertura da maioria dos planos de saúde do país.

#QuestPelaFé

Sínodo de Livrya-Yafo/Porto Libria - Passo do Grande Sinédrio

No enorme prédio do judiciário libriano cujo é o único edifício na área histórica e sagrada da cidade que dá costas ao Grande Templo librio, os irkhianos adentram o Passo do Sínodo, um local aberto por uma abóbada de vidros de safira cujo a luz do sol reflete como pilares de luzes àqueles que sustentam suas teses - numa lembrança do céu aberto diante do poder divino celeste - com três andares onde 144 chefes tribais se reúnem para apresentar as demandas aos 12 shofets líbrios e o rosh-shofet Yonatan Yocav, este é o Grande Sinédrio, o órgão máximo da sociedade, religião e Estado librio. Yonantan Yocav é o maior interprete vivo de toda Halachá, o sistema de jurisprudência aos quais todos librios religiosos do mundo são regidos, e por fim, ele também lidera a Critarquia na prática como Chefe-de-Estado, mesmo distante da prática política externa e interna, todos os órgãos políticos em Libria, são, constitucionalmente, delegados sobre seu poder de interpretar a lei com o auxílio dos juízes (sufetes) que lhe aconselham. Os turbantes irkhianos não são contrastam na diversidade de roupas típicas desheretianas ali presentes.

As discussões referentes aos impasses em Libria parecem ter avançado, à medida que uma solução ainda não divulgada para as obrigações dos particulares em relação ao coletivo parece ter agradado os líderes em Libria. De acordo com a cobertura dos jornais, apesar dos obstáculos devido à natureza diferente dos Estados, a discussão avança de maneira saudável e a passos largos. O mais recente avanço, entretanto, ocorreu com a defesa oral de uma possível solução para as penas que afligem os recém-convertidos, realizada por Haami Sahid, diplomata que seria indicado para a cadeira na LN. Suspeita-se que a não indicação deu-se por motivos pessoais e profissionais. Eis a transcrição da defesa oral:

Ao chegar ao tablado alto gradeado onde os defensores ficam, Yonatan Yocav se levanta de sua posição alta e faz um gesto de saudação - todas mais de 300 pessoas no ambiente se calam, é iniciada a sessão solene.

    “Senhores, já nos debruçamos privadamente na questão das violações. Gostaria, antes de começar a minha exortação, de uma resposta, ou melhor, uma defesa da minha pessoa e por extensão, da diplomacia de Irhk.

    Enquanto comentávamos e discutíamos uma resolução pacífica, acusaram-me – ou melhor, acusaram-nos – de agirmos como testas de ferro para interesses imperialistas. Pergunto aos presentes aqui: como, se nossa estrutura governamental é irreligiosa ao ponto de ser uma particularidade em termos políticos? Como, tendo em vista que nos últimos conflitos diplomáticos Irhk posicionou-se à favor da neutralidade? E como, tendo em vista que toda essa discussão é pautada no processo de se compreender as particularidades de Libria? Não há, senhores, como ser um interventor a favor do imperialismo e agir ativamente na diplomacia mundial com tamanha reputação. Tendo respondido a tais acusações, permitam-me avançar.

    Nos últimos dias discutimos um sistema de obrigações que pudesse sanar as preocupações fiscais de Libria. Houve, claramente, uma parcela da população que não achou a verdade em seus corações e sim nos seus bolsos, e percebendo os ventos que lhes circundavam, travestiram-se em ateus, petovianistas e afins; contudo, o tópico dessa exortação não abrange os abutres que buscam acumular carcaças cheias de ouro. Venho aqui falar-lhes dos que honestamente desejaram-se a conversão. Percebam que, teologicamente, existe uma profunda discussão entre a relação dos poderes temporais e dos metafísicos, espirituais, divinos, deixo a escolha dos adjetivos aos senhores. Entretanto, esta é uma situação onde as duas esferas se cruzam. Estabelecemos, após extensa e árdua discussão, uma solução para os que realizaram uma conversão exclusivamente pela fartura de seus bolsos. Estes testemunharão o plano de evasão vestido de conversão vir a pó com o sistema que desenhamos aqui, neste mesmo Sinédrio em que discurso agora. E os que a fizeram em busca de uma paz interior, uma vida regida por um outro conjunto de princípios que lhe fornece maior conforto?

    Senhores, para o librianismo a vida é sagrada. Existem penas físicas, de reclusão, ostracismo, entre outras mais, conhecidas pela comunidade que agora me ouve. Questiono: tendo nós, com nossas eloquências e clarezas de mente, desenvolvido um método para apreender as raposas que tentaram escapar do galinheiro com mais ovos do que o permitido, não estaríamos nós cometendo uma injustiça ao punir a verdade, do indivíduo consigo mesmo e do indivíduo para o coletivo ao qual pertence, ao impedir-lhe de exercer em plenitude a sua vida, tendo este contribuído da maneira estabelecida pelo coletivo?

    Peço que considerem encarecidamente tal proposição: o quão justo torna-se esse conjunto de punições, tendo nós estabelecido um conjunto de soluções que supre a necessidade de tais punições? Não deveríamos nós, enquanto conjunto, observar como ambas, coexistindo, apresentam uma contradição? Peço também que considerem a trajetória do orador: não existe aqui qualquer pretensão religiosa de trazê-los para qualquer lado. Falo de um ponto isento, na medida em que a isenção é possível, e desejo que considerem isso com um peso significativo na tomada das decisões vindouras.

    Senhores, agradeço-lhes pela atenção que me cederam. Encerro aqui a minha exposição de ideias.”

Liberdade religiosa é garantida em Libria, decide o Grande Sinédrio

LIVRYA-YAFO, Libria Confederacy - Esta noite houve a sessão especial para que Haami Sahid, indicado por Kingdom of Irhk, apresentasse sua defesa em relação aos que renunciam sua fé e se fazem convertidos para outras religiões. Os irkhianos pediram um prazo e hoje Haami sustentou oralmente sua tese em favor daqueles que sinceramente renunciam a fé e abraçam uma outra ou tornam-se ateus, céticos ou agnósticos. O diplomata irkhiano terá sua sustentação oral televisionada por todo país. Numa sessão de portas fechadas, irkhianos apresentaram um sistema unificado de obrigações que colocaria por fim as falsas-conversões com intuito a evadir de penas, deveres e responsabilidades civis, penais e religiosas. Com o novo sistema que está já sendo encomendado a criação por ordem do Sufete Yonatan Yocav, Libria resolverá a maior parte do problema trazido. Restou o aspecto metafísico da questão. Após a defesa de Haami Sahid, Yonatan Yocav consultou seus 12 sufetes, em secreto, após 1h de sessão, Yonatan apresentou uma decisão a qual os 144 juízes tribais não puderam se opor (e necessário unanimidade) e Yocav leu o pronunciamento: permanece lícito, como sempre foi o costume, a conversão religiosa, não havendo mais motivos para sustentar a tese da quebra de obrigações anteriores dada a solução da criação de um registro único para todos deveres que serão mantidos, mesmo após conversões. Um estrondo de palmas daqueles que comemoravam a decisão é ouvido, como de costume, os que não gostaram da decisão ficam calados e resignados. Sinais de protesto são altamente desrespeitosos diante das autoridades máximas do Librianismo, à eles é lícito extravasar privadamente, diante da autoridade que estão investidos.

Defesa por Kingdom of Irhk

Chefes de Estado de Great Avaron, Kitai e Abslandia, reunidos em Avar assinam pacto multisetorial

Na capital de Great Avaron, os presidentes George Farrington, Lu Yaen e Augustinus Niedermayer III, sem cobertura midiática nem grandes cerimônias, assinaram o acordo que formaliza o pacto de Co-prosperidade "Abskivar".

O dispositivo assinado prevê, dentre outros termos, uma aliança militar e tratados de facilitação de intercâmbio tecnológico, compartilhamento de informações de inteligência, cooperação econômica e política.

A nota oficial despachada para a imprensa também incluiu algumas colocações importantes dos chefes de estado presentes:

George Farrington, de Great Avaron, disse que "Este pacto fortalece a amizade e a cooperação nesta região, as nações kitaienses, ogenias e feorlandesas tem agora a chance de assumirem as rédeas de seu destino, cooperando e trabalhando em conjunto pela estabilidade, segurança e independência regional"

Augustinus Niedermayer III, Presidente da Abslandia, declarou: "Creio que neste momento de escape do status quo, com o crescente questionamento da estabilidade e da coesão das nações centrais, surge a necessidade de se pensar em alternativas para o mundo periférico, e já passou da hora deste tomar as rédeas de seu próprio destino, embarcando em suas próprias políticas para resolver seus próprios problemas."

Por fim, o presidente do Domínio Popular de Kitai, Lu Yaen, afirmou que "O Domínio está em busca de uma estratégia ampla de garantia da segurança nacional, em parceria com nações vizinhas e demais nações amigas; internamente isso deverá ser discutido com mais detalhes no 18º Congresso do Partido Comunista de Kitai, marcado para o ano que vem."

Uma reunião de cúpula entre os países do pacto será marcada em breve, e já foram convidados a unir-se a esfera de co-prosperidade as nações de Freny e Kitaibei, reafirmando o objetivo de estabelecer um mecanismo regional de promoção da harmonia e colaboração internacionais, onde as responsabilidades nacionais convergirão para o caminho da felicidade geral dos povos.

Forum View

Advertisement